A partir desta terça-feira, dia 7, os servidores iniciam uma jornada semanal de protestos contra o governo de Eduardo Pezão e sua política de cortes de direitos e redução de salários, chamada pela população fluminense de pacote de maldades. Na terça, a manifestação começa com um ato em defesa da Cedae, ao meio-dia, em frente à Assembleia Legislativa. Na quarta, os servidores do Estado fazem vigília na Alej também a partir das 12h. A semana de manifestação se encerra com um grande ato no mesmo horário, na quinta-feira, dia 9.

A Assemperj estará presente, junto das categorias que fazem parte do movimento unificado dos servidores estaduais (Muspe). A participação de todos nesse momento é essencial para que mais uma vez o governo recue e engavete definitivamente o seu projeto de falência do funcionalismo público. É importante lembrar o que está em jogo com a aprovação do pacote de maldades. A contribuição previdenciária será elevada para, no mínimo, 14% por um prazo indefinido. Não bastasse o atual estado de desmonte dos serviços essenciais para a população, como educação e saúde, a Cedae será entregue como garantia para amortizar dívidas com credores do governo. Com isso não só o preço pelo consumo de água aumentará, mas haverá uma enorme demissão de servidores concursados.

Essas e tantas outras ameaças estão sendo heroicamente combatidas pelos sevidores do Rio de Janeiro. Não deixe de participar dessa luta que é de todos, de todo o funcionalismo público.

Deixe um Comentário