eduardo-gussem-e-empossado-e-faz-discurso-de-reconhecimento-a-servidores-do-mprj

Nessa segunda-feira, (16/01), foi empossado o novo procurador-geral de Justiça do Ministério Público do Estado do Rio de Janeiro (MPRJ) para o biênio 2017/2019. Eleito com 438 votos, Eduardo Gussem foi o mais votado na listra tríplice enviada ao governador do estado, Luiz Fernando Pezão. Em uma ação inédita, durante a sessão solene do Órgão Especial do Colégio de Procuradores de Justiça, Eduardo Gussem quebrou o protocolo e convidou para compor a mesa de trabalhos o presidente da Assemperj, Flávio Sueth.

A atitude do novo procurador foi muito aplaudida pelos presentes e marca um momento de valorização e reconhecimento dos servidores na construção de uma instituição eficiente e comprometida com os interesses da população fluminense.

“Quero registrar que ocupei o cargo de Subsecretário Geral do Ministério Público do Rio de Janeiro e de Subsecretário de Administração e, através desses valorosos servidores, a nossa instituição tem cada vez mais ocupado o espaço destinado a ela na Constituição Federal. Então, para nós, é uma grande honra e satisfação poder ter o presidente da associação dos servidores integrando a mesa de trabalhos”, disse o novo procurador-geral.

Em seu discurso de posse, Eduardo Gussem destacou que as atuais necessidades sociais demandam um novo olhar da instituição para sua atuação. Resolutividade, transparência e integração foram expressões utilizadas pelo novo procurador-geral em referencia ao papel do MPRJ.

O novo procurador-geral de Justiça disse, ainda, que irá intensificar o mapeamento dos sistemas de informações e bases de dados que serão úteis para a prevenção da corrupção e da lavagem de dinheiro. O procurador-geral também pretende acompanhar a execução orçamentária para evitar gastos superiores à arrecadação, segundo ele, uma questão importante para os membros. Gussem foi enfático na obrigatoriedade de transparência nas informações como forma de aproximar a instituição da população,“para fazer de cada cidadão um parceiro do MP fluminense”.

Reconhecimento

Para o presidente da Assemperj, Flávio Sueth, a atitude histórica do novo procurador-geral de convidá-lo para compor a mesa, representando os servidores, foi uma forma de reconhecimento ao trabalho desta categoria profissional e sua importância para a atuação e o desenvolvimento das atividades do Ministério Público e seus membros.

“O convite feito pelo Dr. Gussem para que eu participasse da composição da mesa foi muito importante. Quebrando até o protocolo, o novo procurador-geral reconheceu nosso papel e dignificou os servidores através de sua representação”, considerou o presidente da Assemperj. Flávio diz esperar ainda que a nova gestão do MPRJ consiga atender aos anseios da sociedade e lute pelos anseios da sociedade e lute pelos servidores em conjunto com a associação.

Deixe um Comentário