chapa-assemperj-unida-toma-posse-para-o-bienio-2017-2018

Por Manuella Soares

Nessa terça-feira, dia 20, tomou posse o novo Conselho Diretor da Associação dos Servidores do Ministério Público do Estado do Rio de Janeiro. O presidente, Flávio Sueth, e os servidores Raphael Carvalho e Christiane Félix, vice-presidente e secretária-geral, foram eleitos pela Chapa Assemperj Unida, no último dia 01.

A solenidade ocorreu na sede da entidade com a presença de servidores, de representantes de várias categorias, do deputado estadual pelo PSOL, Flávio Serafini, e do subprocurador geral de Justiça de Planejamento Institucional, Dr. Eduardo Gussem, que foi o candidato mais votado para o cargo de procurador geral de Justiça do Rio de Janeiro (biênio 2017-2018), e que encabeça a lista tríplice que será enviada ao governador para nomeação.

Maria da Glória Amaral, que até o momento ocupava o cargo de presidente da associação, deu boas-vindas à nova diretoria reconhecendo o grande desafio que é representar os servidores do ministério público. “A Associação não é uma empresa. É uma casa de todos os servidores, é um lugar de amparo, de afeto, de proteção, de luta, de ganhos e de perdas”.

Mais votado para o cargo de procurador geral de justiça prestigia posse

Presente à solenidade, o procurador de Justiça, Eduardo Gussem, parabenizou a nova diretoria da associação e elogiou a que encerrou seu mandato. “Maria da Glória foi uma representante muito dinâmica, muito eficaz, que lutou pelos direitos e garantias dos servidores do ministério público. Quero parabenizar também a nova gestão. Tenho certeza que com equilíbrio, serenidade, e acima de tudo temperança, conduzirá a Assemperj da melhor maneira possível e sabendo que, se realmente eu vier a ser o escolhido da lista tríplice, o diálogo e a solidariedade institucional serão absolutos”.

Na luta contra o pacote de Maldades

Para o deputado Flavio Serafini, a Assemperj tem se tornado um agente político importante na luta dos servidores contra os projetos enviados à Assembleia Legislativa pelo atual governo do Estado. “Na atual crise do Estado, a Associação dos Servidores do Ministério Público tem se mostrado extremamente atuante, representando a categoria do MP, mas também os demais servidores e defendendo o futuro do Rio de Janeiro, lutando pelas finanças públicas e pela manutenção de direitos. Vemos a nova diretoria da Assemperj com a certeza de que ela vai se manter como protagonista nessa luta”.

Avanços

O novo presidente, Flávio Sueth, destacou a evolução do MPRJ e o papel cada vez mais relevante da instituição na defesa dos direitos da população fluminense. “Nesses quase dez anos de experiência no MP, tive a oportunidade de conhecer colegas fantásticos que mostraram que podemos mergulhar fundo e lutarmos por uma sociedade melhor. Tenho a honra de estar aqui hoje com colegas especiais e com a direção que termina seu mandato, que teve papel fundamental no reconhecimento que temos de toda a categoria, perante a sociedade, o Movimento Unificado dos Servidores Públicos (Muspe) e a Assembleia Legislativa.”

Apesar de toda a luta dos últimos anos, Flávio considera que as demandas aumentaram e que os servidores mudaram de perfil, “com uma nova consciência entre servidores, promotores e procuradores”. Para o novo presidente, é importante que todos lutem para que o serviço público seja cada vez mais efetivo e eficaz de acordo com as necessidades da população. “Nesse sentido, a associação tem como papel lutar por aqueles que dão vida ao cotidiano da instituição. Efetivamos a ordem jurídica na prática e, por isso, somos também a cara do Ministério Público.”

Flavio destacou ainda o momento difícil por que passam os servidores. “Estou muito feliz com a posse, mas sei que estamos em uma conjuntura muito difícil, talvez a mais difícil da história recente. Temos a aprovação da Emenda Constitucional do Ajuste Fiscal (PEC 55/2016), a reforma da previdência e a luta contra o pacote de maldades. Além disso, temos nossas lutas específicas, como reajustes e o retorno de benefícios, dentre outras”.

O novo presidente agradeceu, ainda, a presença do subprocurador geral de Justiça Eduardo Gussem “isso demonstra uma maior abertura ao diálogo entre a administração superior e a associação”.

Estiveram presentes também à solenidade a presidente da Associação dos Servidores da Defensoria Pública do Estado do Rio de Janeiro (Asdperj), Thais Rebelo; do Sindicato dos Servidores do MPRJ (Sindsemp), Fellipe Souza da Silva; e do Presidente da Associação Nacional dos Oficiais do Ministério Público (Anacomp), Enrique Rota.

Deixe um Comentário