assemperj-participou-de-reuniao-com-mais-de-cinquenta-entidades-e-o-presidente-da-alerj

O presidente da Assemperj, Flávio Sueth, participou nesta manhã (12/02) da reunião do Fórum de Servidores Públicos do Estado do Rio de Janeiro, representado por mais de cinquenta entidades, com a presidência da Alerj. As entidades apresentaram um documento reivindicando a derrubada do veto do governo do estado em relação à reposição inflacionária dos servidores, conforme a nota coletiva abaixo:

Fórum de Servidores avança na luta unificada em reunião na Alerj

Na tarde desta quarta-feira (12/02), mais de 50 entidades que integram o Fórum de Servidores Públicos do Estado do Rio de Janeiro, se reuniram com o presidente da Assembleia Legislativa do Estado do Rio de Janeiro (Aler), para discussão da reposição inflacionária dos servidores públicos de todo o estado, entre outros assuntos.

Além das associações e sindicatos que compõem o Fórum, participaram da reunião o deputado Márcio Pacheco (PSC), líder do governo e que também preside a Comissão de Constituição e Justiça (CCJ); deputados Bruno Dauaire (PSC) e Flávio Serafini (PSOL), presidente e vice da Comissão de Servidores Públicos; deputado Waldeck Carneiro (PT) e deputado Giovani Ratinho (PTC).

O grupo se apresentou e explanou as reivindicações principais como a necessidade da recomposição das perdas inflacionárias, já previstas no próprio Regime de Recuperação Fiscal (RRF) e na Constituição Federal; que depende da derrubada do veto nas leis 8730/20  e 8731/20 que tratam do orçamento do Estado do Rio de Janeiro para 2020. O Fórum também apresentou documento em apoio à derrubada do veto impede a reestruturação das carreiras da saúde (PCCS).

Durante a reunião o presidente da Alerj, André Ceciliano, demonstrou abertura ao diálogo do pleito dos servidores e se comprometeu com apoio total à derrubada dos vetos até a primeira quinzena de março. “Temos um compromisso e vamos tentar um calendário de reuniões a partir de fevereiro com vocês representantes para que a gente possa abrir uma discussão com o Governo”, declarou.

Acompanhando a declaração do comando da Casa, o Líder do Governo, Márcio Pacheco disse que fará um esforço junto ao Executivo para que as demandas dos servidores sejam analisadas. Também se comprometeu, juntamente com o deputado Bruno Dauaire, líder do PSC – partido do governador – a tratar do assunto com o Secretário da Casa Civil, André Moura ainda no dia de hoje (12/02). Pacheco sinalizou uma agenda entre as entidades integrantes do Fórum e o Secretário para a próxima semana. A reunião está prevista para quarta-feira (19/02).

Apesar desses importantes passos que deram início às negociações, não está descartada a realização de Audiência Pública na Comissão de Servidores.

Principais passos da luta unificada:

– Já somos 53 integrantes no Fórum e outras entidades estão chegando.

– Apoio irrestrito de todos à causa dos servidores públicos da saúde (PCCS da Saúde).

– Compromisso do presidente da Alerj, André Ceciliano, em colocar em pauta a derrubada do veto na primeira quinzena do mês de março de 2020.

– Reunião com o Secretário da Casa Civil, André Moura para próxima quarta-feira (19/02), horário a confirmar.

:: ATENÇÃO ::
Próxima Reunião do Fórum de Servidores Públicos do Estado do Rio de Janeiro

14/02 (sexta-feira), 14h

Auditório do Sindjustiça

Travessa do Paço, 23 – 13º and. Centro – RJ

É importante que as entidades tragam os estudos das perdas salariais das respectivas categorias

O encontro contará com a participação do economista Paulo Jager, supervisor técnico regional do DIEESE, que apresentará estudo da evolução das perdas inflacionárias durante o Governo Witizel e a partir da Lei que institui o RRF, em 2017.

Deixe um Comentário

[huge_it_slider id='2']